Votação Final do Impeachment no Senado (9)

Como se estivesse vivendo em uma realidade paralela, a ex-presidente resolveu apresentar seu “plano de governo” para quando supostamente voltar a exercer a presidência da república: repetiu a ladainha monocórdica a respeito de plebiscito e de reforma política, a mesma ladainha que foi apresentada ao país quando das manifestações de junho de 2013. A performance da ré confirma aquilo que dissemos pela manhã: a ex-presidente e seu partido já não estão mais preocupados em reverter o impeachment, pois sabem que ele é irreversível. Estão tão somente preocupados em construir uma narrativa mentirosa e cínica para uso futuro, para que possam se apresentar como vítimas de um suposto golpe das elites. Se a mentira e o cinismo não existissem, a esquerda os teria inventado.


 

Anúncios

Sobre paulo eneas

Analista político e editor do Jornal Crítica Nacional
Esse post foi publicado em painel crítica nacional. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s