Intervenção Militar na Turquia: Obama Em Defesa do Islã

Em reunião agora a noite com seu Secretário de Defesa John Kerry, Barack Obama declarou que todas as forças políticas da Turquia devem reconhecer a legitimidade do governo eleito de Tayyp Erdogan. Como era de se esperar, Obama ficou ao lado daquele que pretende transformar a Turquia numa república islâmica e que além disso tem sido um dos principais apoiadores do Estado Islâmico, além de financiar e dar suporte operacional aos principais grupos terroristas muçulmanos mundo afora.


Anúncio_C2

Anúncios

Sobre paulo eneas

Analista político e editor do Jornal Crítica Nacional
Esse post foi publicado em painel crítica nacional. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s