As Faces Políticas na Imprensa

A remoção do petismo do poder teve como conseqüência quase natural, entre outras igualmente positivas, uma maior explicitação das posições dos diversos atores políticos que estavam até então abrigados no guarda-chuva multicolorido da frente política do movimento pró-impeachment. No âmbito da imprensa essa explicitação se tornou mais clara com muita rapidez.

Pois enquanto a Folha de São Paulo assume cada vez mais seu papel de porta-voz da esquerda nacional e do que restou do petismo, o colunista Reinaldo Azevedo se revela como a face mais raivosa do tucanato. Uma face que de tão raivosa corre o risco de se tornar risível. O blog O Antagonista, por sua vez, se mostra a face mais soft desse mesmo tucanato, mas sem abrir mão de sua adesão plena a agenda ideológica da esquerda, ainda que essa adesão se dê num grau bem calibrado para as circunstâncias do momento.

Resta agora à direita conservadora definir a sua face ou as suas faces nesse que é um dos fronts mais importantes da guerra política, que é justamente o front onde se lida com a informação e a formação da opinião pública.


 

Anúncios

Sobre paulo eneas

Analista político e editor do Jornal Crítica Nacional
Esse post foi publicado em painel crítica nacional. Bookmark o link permanente.

3 respostas para As Faces Políticas na Imprensa

  1. Marcos disse:

    Bem colocado Paulo, para que o benefício do país é extremamente necessário que as forças conservadores, independente do espectro se articulem para ter voz e representativa no cenário da mídia brasileira. Porém devemos tomar cuidado pois muitos socialistas querem tomar partido de um suposto posicionalmente “a direita” para promover a desinformação e enfraquecimento do conservadorismo. Parabenizo-o pela sua iniciativa e que mais iniciativas aconteçam para que se construa, pela primeira vez neste país, uma verdadeira ala conservadora, com idéias, posicionamento e comportamento condizentes com o que representa o conservadorismo.

  2. juniorurb disse:

    Exatamente Paulo, o que já era evidente, agora está as claras. Esses anti-PT de ocasião apoiam a agenda do finado partido. Enquanto se reorganizam, a estratégia é achincalhar os opositores. E para isso, esbanjam da desinformação aliada a desonestidade intelectual. O que não é novidade, afinal, eles são peritos nisso.

  3. Desbocado disse:

    Muito melancia nos meios de comunicação. Se não houver conhecimento é enrolado.
    Se o governo do Temer quer realmente deixar alguma marca deve providenciar pra ontem uma nova CF, acabando com as clasulas pétreas e resgatando os valores sem relativização.
    Mas, o povo também tem que mostrar o que quer, e infelizmente, ainda não acho que as pessoas queiram realmente deixar a Lei de Gerson de suas vidas.
    A melhor forma de combater é ter espaços como este, que conheci hoje, mas vou divulgar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s