Tentativa de Anulação do Impeachment (2)

Nossa avaliação, passado o primeiro momento do impacto, é que a manobra inconstitucional e leviana arquitetada pela AGU em conluio com um lacaio do petismo que está ocupando circunstancialmente as presidência da Câmara não irá prosperar.

Na hipótese improvável de Renan Calheiros dar prosseguimento a anulação a partir da mesa do Senado, isso significaria que Renan estaria disposto a dar um abraço de afogados junto com o petismo, uma vez que Dilma não reúne mais possibilidades politicas e morais de continuar (não)governando. Renan tem outras opções e não escolherá essa.

O STF não irá sujar as mãos mais do que já sujou para salvar o petismo. A ambição da suprema corte é seguir incólume em sua vocação para o ativismo judicial no plano mais ideológico, mesmo sob o novo governo. Nas próximas horas essa tentativa derradeira de golpe do petismo será liquidada e o serviçal que ocupa a chefia da Câmara será afastado.


 

Anúncios

Sobre paulo eneas

Analista político e editor do Jornal Crítica Nacional
Esse post foi publicado em painel crítica nacional. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s