Conforme o Esperado: Comissão do Senado Aprova o Relatório do Impeachment

A Comissão Especial do Senado acaba de aprovar o relatório recomendando o afastamento de Dilma da Presidência da República para que se dê prosseguimento ao processo de impeachment. O resultado não surpreende em nenhum aspecto pois, como já apontamos em artigos recentes aqui no Crítica Nacional, o impeachment já se tornou um processo político irreversível. Todo jogo de cena que se assistiu esses dias no Senado e que se assistirá ainda até a votação final e aprovação na próxima quarta-feira, e que marcará o encerramento formal do já moribundo mandato de Dilma, diz mais respeito a uma disputa de posições e de força em relação ao governo do presidente Michel Temer, que tomará posse semana que vem.

O único dado novo no horizonte político, e de extrema gravidade, é perigoso processo de judicialização da política que vem ocorrendo no país, em decorrência da delinquência institucional que o petismo causou à vida pública da nação. Um processo que foi exemplificado na decisão tomada ontem pelo STF de suspender o mandato de Eduardo Cunha. Falaremos desse assunto ainda hoje em um artigo mais detalhado, que será precedido de um vídeo-áudio com algumas considerações preliminares a respeito.


 

Anúncios

Sobre paulo eneas

Analista político e editor do Jornal Crítica Nacional
Esse post foi publicado em painel crítica nacional. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s